Pesquisar no blog

Carregando...

segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

UNIÃO MISSIONÁRIA FILHAS DE MARIA

A iniciativa do Padre Ubirajara, pároco da Paróquia São Lucas Evangelista, região de Carapicuíba da Diocese de Osasco SP é simplesmente esplêndida.
Com a abertura de portas para que mulheres servissem ao altar como coroinhas e acolitas mães passaram a inscrever suas filhas, assim como apareceram diversas meninas e adolescentes com esse interesse e assim foi feito.
Há quem diga: "Mas mulheres podem celebrar uma missa? Eu acho que mulheres deveriam celebrar missa." Para a boa resposta sem ser mal educado "as vezes dá essa vontade" eu recomendo que você leia a Carta Apostólica Ordinatio Sacerdotalis.
Pois bem, a iniciativa do sacerdote em questão foi de definir bem as funções dentro da Igreja como um corpo, dentro do que a Igreja vem sempre ensinando. Quem melhor do que ele próprio para explicar isso? Então segue o link do post que ele deixou: Respeitando as diferenças entre meninos e meninas: Os Coroinhas e as Filhas de Maria.
 
Para o mais, quem quiser saber um pouco da União Missionária Filhas de Maria segue abaixo os dados retirado do blog delas:





Quem são: A União Missionária Filhas de Maria, é um grupo formado por jovens moças que anseiam dedicar sua vida à serviço de Jesus crucificado através dos pobres, seguindo o exemplo de Maria a serviço da Igreja.

Lema: Confiança amorosa e total entrega ao Imaculado Coração de Maria.

Missão: Serviço livre e de todo coração aos mais pobres.

Padroeiras: Santa Inês, Santa Maria Goretti e Beata Madre Teresa de Caucutá.

Finalidade: A finalidade da U. M. das Filhas de Maria é promover a glória de Deus, o afervoramento da devoção a Maria Santíssima no meio da juventude feminina e o amor em servir a Cristo no mais pobre dos pobres; por isso procura ela, congregando as jovens, proteger-lhes a inocência, defende-las dos perigos a que as expõe a inexperiência da idade e levá-las, por meio de conselhos e das práticas de piedade e caridade, ao cumprimento exato dos seus deveres, para com Deus, para com o mais pobre e para consigo mesmas, à pratica de uma virtude sólida, sob a guarda da Imaculada Rainha do Céu, segundo os luminosos exemplos das jovens mártires Santa Inês e Santa Maria Goretti com o patrocínio da beata Teresa de Calcutá.
Em qualquer associação, movimento ou pastoral, seja ela qual for, é indispensável a disciplina: disciplina suave que atraia e não afaste, mas também disciplina que dirija e corrija sem fraqueza.
O espírito de transigência não é o que deve orientar a U. M. Esta deve se distinguir, não pelo seu número, mas sim pela qualidade de seus membros, que deverão ser “modelos de virtude.”
Não cuida a União Missionária encher o mundo de freiras, como se ouve freqüentemente dos inimigos do bem, mas em fazer crescer as jovens, na piedade cristã, na pureza dos costumes.
A união missionária procura com suas práticas e conselhos, formar mulheres cristãs com verdadeiro espírito de pureza, de caridade e de humildade, ajudando sempre o mais pobre material e espiritualmente.

A espiritualidade da União Missionária é parecida com a da Pia União das Filhas de Maria por isso coloquei este trecho que foi adaptado por mim.

PS: Algumas frases e grifos são adaptações. (Do próprio blog)




Um comentário:

  1. Bom dia. Sou coordenadora da UMFMaria na paróquia São Luca Evangelista, e agradeço pela iniciativa em divulgar esta pequena grande obra de Jesus e Maria. Nosso blog estará no site da paróquia em breve, e fica o convite à todas as jovens que quiserem vir nos conhecer. É um grupo com regras, estudos profundos e apostolado que colocam em prática nossoa Amor à Igreja através dos mais necessitados. Meu e-mail para quem quiser é teresa.ericalives@gmail.com. Estou a disposição para maiores informações. Deus abençoe todos!
    Imaculado Coração de Maria, causa de Nossa alegria Rogai por nós!!!!!

    ResponderExcluir